7 maneiras de economizar na decoração do casamento

A decoração está entre os maiores gastos de uma festa de casamento. Pudera: de arranjos de flores aos móveis, são tantos elementos a serem pensados que a conta pode fechar bem salgada. Porém, com jeitinho e boa vontade, é possível economizar na decoração do casamento sem abrir mão de uma celebração de encher os olhos. A seguir, entregamos sete dicas valiosas para um décor de orçamento enxuto.

1. Do it yourself

A rainha das regras está no topo dessa lista por um motivo: o DIY lhe faz economizar uma boa grana na contratação do decorador e, de quebra, coloca você no comando de tudo que acontece no décor da festa. Claro que preparar os mínimos detalhes por si mesma pode ser bem trabalhoso, então, vale chamar todo seu squad de amigas e parentes para colocar a mão na massa.

2. Vasculhe a casa de sua avó

Quem curte decoração vintage vai se divertir garimpando objetos antigos e cheios de história para contar. Vale desde porta-retratos e frascos até aquele aparador super charmoso para a mesa de doces. Se você se animar, estique o passeio para brechós e antiquários, que podem oferecer peças raras a preços convidativos.

3. Economize nas flores

Aquelas orquídeas brancas são lindas, mas pesam tanto no bolso, não é mesmo? Em nome da economia, talvez valha a pena trocá-las por flores da época ou que estejam disponíveis o ano todo, que saem mais em conta, e negociar diretamente com o fornecedor. Outra dica é fazer arranjos de mesa menores, que exigem menos flores e, portanto, saem mais baratos.

4. Ou abra mão das flores

Pode soar estranho, mas além de ser gentil para o orçamento, essa medida pode deixar o décor moderno e criativo. A ambientação da festa e da cerimônia, por exemplo, pode ser feita apenas com folhagens e galhos. Velas, candelabros, recipientes de vidros bem enfeitados e até livros fazem bonito como centro de mesa.

como economizar na decoração do casamento

5. Estilo é tudo

Não adianta nada escolher uma decoração glamourosa se o orçamento estiver apertado – afinal, aquele lustre de cristal e tapetes persas encarecerão, e muito, os custos. Um tom informal permitirá que você use elementos mais rústicos e simples, como pallets e caixotes, para armar uma festa simples e elegante.

6. Escolha a data certa

Maio é o mês das noivas e, por isso, concentra um volume grande de cerimônias. Decidir casar nesta época pode pesar no bolso. Isso porque ela coincide com o Dia das Mães, data onde o preço das flores dispara, já que buquês são os presentes mais escolhidos para homenageá-las. O mesmo acontece no verão, uma vez que o calor dificulta a produção de flores e elas acabam ficando mais caras em função da baixa oferta – sem falar que elas acabam maltratadas, diminuindo também sua qualidade.

7. Menos é mais

Quanto mais elementos decorativos, mais cara a brincadeira sairá. Além disso, quantidade não é qualidade, não é mesmo? O mais importante é que o décor reflita a personalidade do casal e caiba no bolso. Saiba investir nos recursos certos, coloque carinho nos pequenos detalhes e cuide para que tudo seja organizado – com certeza você surpreenderá seus convidados e terá boas lembranças para levar consigo para sempre!

 

*Este material foi escrito pela nosso site parceiro Finanças Femininas para auxiliar  os casais a manter a vida financeira mais saudável e organizada.