CASO REAL: e-session cinematográfica!

A Larissa e o seu noivo são apaixonados por cinema… Sempre foram fascinados por filmes – e é claro – o primeiro beijo foi no escurinho do cinema!

Então, nas palavras da própria noiva:

“Quando resolvemos nos casar, logo pensamos em fazer um ensaio fotográfico fora do normal e que tivesse a nossa cara, foi aí que pensamos que o lugar que mais combina com a gente e que a gente mais frequenta – é o cinema!

e-session1

 

Não demorou muito para colocarmos a nossa ideia em prática. Eu fui atrás dos cinemas que conheço em São Paulo, e lembrei que o UCI Cinemas abre as salas para eventos e aniversários. Logo eu entrei em contato com eles para descobrir se tinha essa possibilidade e eles além de amarem a minha ideia, falaram que seria o maior prazer e que não me cobrariam nada para eu usar uma das salas de cinema. Foi aí que meu sonho de fato começou, a outra etapa foi encontrar o fotógrafo perfeito e por um acaso encontrei em uma das minhas revistas de noiva um fotógrafo que era especialista em fazer e-session diferentes. Entrei em contato com ele e marcamos tudo.

 

e-session13

 

e-session12

O dia das fotos foi incrível. O pessoal do UCI foi tão legal com a gente que deu pipoca pra gente jogar pra cima, deixou a gente entrar na sala de projeção e ainda queria que a gente assistisse um filme na faixa. O nosso fotógrafo tirou fotos super descontraídas e lindas. O nosso ensaio além de ter sido com a nossa cara serviu muito de terapia, pois a nossa aproximição e intimidade nas fotos foi incrível.”

e-session11

“E foi assim, o resultado ficou demais e tem tudo a ver com a gente. Acho que as noivinhas precisam cada vez mais fazer ensaios que tenham a ver com o casal e não apenas o que tá na moda.”

e-session10

 

 

 

O casal ainda fez um segundo ensaio: “Eu e meu noivo fizemos 10 fotos de posteres de filmes de amor. Exemplo: Uma Linda Mulher, Um amor para Recordar, PS eu te amo…etc…”

 

 

As artes ainda não estão prontas para colocarmos aqui, mas de acordo com a Larissa  ficaram idênticas as capas originais do filme. 

Não é o máximo, gente?!!!

Fotos: Fernando Gazinhato.