CASO REAL: O casamento DIY da Luana e do Felipe

Temos visto, nos últimos tempos, várias histórias tristes de intolerância e preconceito, situações onde o mais importante, que são o respeito e o amor, tem ficado de lado. Neste universo de companheirismo e cumplicidade que é o universo do casamento, estes tipos de sentimentos, como o ódio e o desprezo, não deveriam ter lugar. Nós, do CEUB, pregamos a igualdade entre pessoas, independentemente de suas escolhas, porque o ser humano nasceu para ser feliz e ser amado.

luana-felipe-cr-ceub (22)

E o Caso Real de hoje, a história da Luana e do Felipe, chega em um momento muito importante de celebração: vamos celebrar o amor e o respeito, a delícia que é poder comemorar dentro de sua fé, sem ter medo de ser feliz por isso. E mais ainda: celebrar o amor, mesmo com pouca grana, celebrar a união, mesmo com pouco tempo, celebrar a vida, acima de tudo. A Luana é uma pessoa linda, que contou tudinho pra gente dessa cerimônia espírita que encheu meu coração de amor. Ainda mais com o tanto de elogio que ela fez a mim, a Mari e a Lu. A gente cria uma conexão tão grande com as noivinhas que ficamos sempre muito emocionadas!

Então, em homenagem a todas as crenças, religiões e culturas, vamos conhecer juntos, com o coração aberto, essa história linda que vai encantar vocês.

 

“Olá Estela, meninas do blog e leitores lindos do CEUB!

Venho contar a história do casamento mais econômico, lindo e possível de se realizar em 4 meses! Isso mesmo, 4 meses foi o tempo em que eu e o Felipe tínhamos para organizar tudinho do jeito que sempre sonhamos na nossa vida! E pior (ou não!): tínhamos além de pouco tempo – pouquíssimo dinheiro!

luana-felipe-cr-ceub (39)

Confesso que minhas manhãs e tardes eram regadas de leituras na página do Casar é um Barato – porque eu sempre acreditei em todos os Casos Reais das noivinhas que diziam que era possível fazer um casamento lindo e econômico e, hoje, com um super orgulho de mim mesma, posso afirmar mesmo que SIM – é possível!

Meninas, força na peruca e vamos lá: eu e o Felipe nos conhecemos em 2013 e foi coisa de alma mesmo! Começamos a namorar já no primeiro mês! Não nos desgrudávamos, ele morava com meu cunhado e eu com meus pais, mas não bastou 6 meses juntos para eu conviver com ele todos os dias no apartamento dos meninos! Começamos a morar juntos, a dividir contas, fazermos mercado juntos, dormíamos junto na casa da minha sogra… Aaaaaah o amor só ia crescendo e a família me aceitou exatamente como eu era! Não é um sonho?! =]

luana-felipe-cr-ceub (24)

Melhor do que isso, foi quando minha cunhada, que mora em Lisboa, veio  ao Brasil – e nos abençoou completamente! Aquilo foi o “pontapé” para ele querer oficializar mesmo nossa união! Iupi! E foi aí que começou a correria! Em Setembro, ela foi embora para Lisboa, dizendo que voltaria em Janeiro para nos ver casados! E o que que deu nisso tudo?! Tivemos 4 meses para correr e organizar o casamento dos nossos sonhos!

Quase todas as coisas foram feitas por nós mesmos! Exatamente. E “desculpas” não entravam em nossas explicações de jeito nenhum! Tínhamos sim que arrumar um tempinho, um espaço na agenda para correr atrás de pallets, caixinhas de uva, laranja, guardar latinhas de leite condensado, garrafas de vidro, buscar imagens como inspirações e mãos à obra! E CEUB, mais uma vez, sendo clicado aqui nos meus favoritos!

luana-felipe-cr-ceub (29)

O casamento aconteceu no sábado, dia 24/01/2015, na capital de São Paulo  em um centro espírita na Vila Matilde. A festa foi no dia seguinte: um almoço no sitio no interior de São Paulo, em Itupeva, onde minha sogra mora.

No sábado foi mesmo quando o sonho aconteceu: podemos dizer aquele vibrante “SIM” tão cheio de amor, de carinho e de cumplicidade. Nos casamos em um Centro Espírita, exatamente do jeito que queríamos: uma cerimônia simples, mas cheia de carinho e de detalhes.

luana-felipe-cr-ceub (21)

Economizamos já na escolha do lugar, que além de sermos muito queridos por lá, aquele local é extremamente abençoado e só pensa no amor! Sim, eles não cobraram nada da decoração da cerimônia! Não é o máximo?! Não tivemos que pagar por nada e ficou tudo muito lindo, gente! A decoração cheia de egypsophilas, rosas amarelas e brancas. Nossa, quanto amor! Meus olhos ficam marejados só de lembrar daquele momento mágico!

luana-felipe-cr-ceub (1)

luana-felipe-cr-ceub (10)

luana-felipe-cr-ceub (11)

Meu vestido foi comprado numa loja maravilhosa na Mooca – SP, onde a dona da loja estudou com meu noivo na adolescência! Tudo tinha que ter um encaixe perfeito, uma sintonia! E o vestido foi perfeito, um modelo de renda que se encaixou na simplicidade que eu queria passar. E ele foi super barato meninas!

luana-felipe-cr-ceub (3)

Casei descalça, para sentir a energia daquele lugar tão especial para mim, que passei a frequentar depois de assumir meu namoro com o Fê, que já acompanha a religião há 5 anos. Foi lindo de ver, meus pais, nossos padrinhos todos descalços compartilhando aquela energia tão pura!

luana-felipe-cr-ceub (16)

luana-felipe-cr-ceub (17)

luana-felipe-cr-ceub (18)

Usei uma coroa de flores naturais e os cabelos soltos. Muitos me compararam a Iemanjá, que é minha mãe de coroa. Que orgulho, que sentimento maravilhoso!

luana-felipe-cr-ceub (4)

luana-felipe-cr-ceub (20)

Ao sairmos da cerimônia, nossos lindos convidados nos jogaram papeizinhos em formato de coração em comemoração! As crianças amaram! Ficou lindo demais! Casamos num finalzinho de tarde – regado a chuva e depois a sol – que nos trouxe ainda uma noite deliciosa e fresquinha!

luana-felipe-cr-ceub (23)

 

Agora vamos para o dia seguinte: o almoço

Os enfeites de decoração da mesa dos convidados foram feitos com: palitinhos de churrasco, fita floral, papel de seda e areia! Com os papéis de seda, fiz milhares de florzinhas de papel. Os palitos de churrasco viraram os caules e a fita floral encapou, dando o capricho que precisávamos! Ficou tudo tão lindo!! Conseguimos os pallets com uma transportadora. Meu noivo pediu na cara dura e demos a sorte de conseguir, porque eles iam jogar fora!

luana-felipe-cr-ceub (28)

luana-felipe-cr-ceub (30)

As caixinhas de frutas conseguimos também pedindo a alguns fornecedores de mercado, em fazendas no interior e pegando no “lixo” mesmo! O Felipe passou verniz em cada uma delas para padronizarmos todas. E acreditem meninas: Deus ajuda e muito viu! Achamos caixas em belíssimo estado, algumas até viraram móveis para nossa casa! Uhul mais economia!

luana-felipe-cr-ceub (34)

A mesa dos bem-casados e dos docinhos foi feita com o empilhamento dos pallets e de toalha de mesa usamos juta e renda. A outra mesinha, a do bolo, pegamos emprestada  com a minha sogra, que aliás – sogra não – ela é uma MÃEZONA que Deus mandou para mim! Éramos mãe e filha na outra encarnação, com certeza! A gente se entende no olhar, ela tem um enorme prazer em me ajudar com tudo! Uma linda!  <3

luana-felipe-cr-ceub (27)

Ela que fez o bolo para servirmos na festa – que aliás foi muito elogiado – uma delicia de abacaxi naquela tardezinha gostosa de sol no interior de SP – junto com a prima e a tia de meu noivo e os docinhos de copinho também – elas formaram uma equipe e tanto!

Servimos churrasco, com cerveja e refrigerantes e todo mundo da festa amou! Mesmo! A equipe que contratamos era de um restaurante pequeno lá do centro da cidade, eles foram uns fofos! Uma turminha super simples que se divertiu bastante em participar de nossa festa!

luana-felipe-cr-ceub (33)

Por cima da mesa do buffet tinha um varal feito com ráfia e pregadores de roupa – de madeira – com fotos do casal por toda a extensão da parede…

O topo de bolo roubou a atenção de tanta delicadeza nos detalhes! Ele era composto por mim, o noivo, e pela nossa  filhote Bell, uma border Collie de 7 meses que adotamos como nossa (primeira) filha! Ela também apareceu na festa e deu no que falar, tamanha energia e carisma com as crianças. Um mimo!

luana-felipe-cr-ceub (25)

luana-felipe-cr-ceub (40)

E para finalizar entregamos Filtros dos Sonhos como lembrancinha daquele casamento tão espiritual e inspirador! Diversas amigas queriam meus serviços para organização das próximas festas… rs.

luana-felipe-cr-ceub (36)

Essa tarde foi mágica – mesmo! Não choveu, o calor não estava de matar – a festa ficou com um ar fresco, tão clean, tão rustico, tão delicado, aaai, eu suspiro ainda só de lembrar daquela tarde maravilhosa! E muitas das ideias, inclusive a decoração com latinhas de alumínio, de garrafas de vidro, mesa de pallets, plaquinhas de madeira, juta, ráfia, foram retiradas do blog mais meigo e atencioso de todos: o CEUB!!

luana-felipe-cr-ceub (38)

O tempo todo, a cada atualização no Facebook, estava eu lá, marcando minha sogra e já estávamos juntas pensando no melhor a fazer para encaixar no nosso orçamento! Estela e equipe do Casar é um barato: vocês não imaginam a enorme importância que fazem na nossa vida! Não contratei cerimonialista, porque a ideia era economizar mesmo, em tudo – e seu blog foi “meu cerimonialista” tenham certeza disso! É lindo demais vocês abrirem esse espaço para conseguirmos contar nossas histórias para que elas também sirvam de inspiração para as próximas que virão!

Um beijo enorme, carinhoso, e muito obrigada mesmo! Por tudo sempre! <3″

Gente, fala pra mim? Tem como não se apaixonar por essa história linda? Não tem! É muito amor, muita confiança e disposição pra ser feliz! Obrigada a você, Luana, por ser esse ser de luz cheia de amor! Muitos beijos e felicidades para vocês dois. <3 Vem ver mais foto, gente!

Fornecedores: Fotografia: Carlos Bertozo (Passa) | Cabelo e Maquiagem: Mony Godoy Gomes (Innova Hair) | Vestido da Noiva: Nathalia de Campos (loja Santa Paciência) | Decoração: Acervo e Criação Familiar | Local da Cerimônia: Irmandade Ubirajara do Peito de Aço na Paz no Amor e na Caridade. (Vila Matilde - SP) | Local Festa: Condomínio Horizonte Azul (Itupeva – SP) | Buffet: TC - Tudo em Carnes, Claudette Richetti, Jeanete Damiani, Nadir Passos Rodrigues, Alessandra Damiani Grespan | Bolo e Docinhos: Alessandra Damiani Grespan e Claudette Richetti | Bem Casado: Desiree Finos Doces (Indaiatuba – SP) | Bolo Cenográfico: Alessandra (Coisa De Madrinha – Guarulhos - SP) | Topo de Bolo: Daniele (Daniele Topos - RJ) | Lembrancinha aos convidados: Jaqueline Portela (Filtros dos Sonhos) | Garçons, copeira, churrasqueiro: Festas RTN – Itupeva - SP

 

Mais Casos Reais econômicos:

O Casamento DIY da Estela e do Rafael

O Noivado DIY da Lis e do Wesley

O Casamento DIY da Cris e do João