CASO REAL: O casamento econômico da Érika e do Rocha

Às vezes a gente recebe umas histórias que mais são guias e dicas fundamentais para as noivinhas do que qualquer outra coisa. É a maior prova de que por trás de uma linda história de amor tem muita força de vontade e planejamento para realizar o sonho de ter um casório inesquecível. E esse foi o caso da Érika e do Rocha, que resolveram se casar e, como muitos Casos Reais aqui do blog, não queriam se endividar e gastar rios de dinheiro com cerimônia e festa.

cr-casamento-erika-rocha-ceub (19)

A Érika contou como foi seu planejamento e como conseguiu gastar menos de 9 mil reais (isso mesmo, gentens) no seu casório e como tudo ficou lindo de morrer! Vem se jogar na história deles dois e se inspirar para fazer o seu casório ser possível também!

 

“Ele morava em Cascavel-CE e eu em Fortaleza, assim foram oito anos de namoro à distância e quando resolvemos casar foi tudo muito rápido. Não fazíamos ideia de como seriam os preparativos, principalmente porque não podíamos gastar tanto devido a reforma da casa e a compra dos móveis. Além do mais, não gostaríamos de começar uma vida a dois com tantas dívidas, tinha que ser uma cerimônia que coubesse no nosso bolso.

cr-casamento-erika-rocha-ceub (6)

cr-casamento-erika-rocha-ceub (11)

cr-casamento-erika-rocha-ceub (12)

De início fiquei logo desanimada e pensei que não poderia fazer algo tão ‘pomposo’ e cheio de glamour como as tradicionais e badaladas festas de casamento regadas ao champagne e tudo mais. Não tínhamos dinheiro para custear tantos gastos, mas me convenci que seria possível fazer algo bem bacana. E foi! Um grande dia, perfeição aos olhos de Deus e mais que abençoado. Assim ficou registrado o dia em que no casamos: 18 de janeiro de 2015.

cr-casamento-erika-rocha-ceub (20)

cr-casamento-erika-rocha-ceub (26)

Não bastou ser especial, o melhor é que a preparação de tudo coube direitinho no nosso bolso e sem aperreios. Começamos nossa vida de casados SEM DÍVIDAS do casamento. Nosso investimento não chegou a nove mil reais e tivemos direito a tudo que podíamos de acordo com nossas necessidades. Avaliamos tudo e percebemos que duas coisinhas foram essenciais para que isso acontecesse: pesquisar e contar com a ajuda e carinho de grandes amigos.

cr-casamento-erika-rocha-ceub (22)

cr-casamento-erika-rocha-ceub (25)

cr-casamento-erika-rocha-ceub (30)

Logo que ficamos noivos, comecei a pesquisar formas e fontes que pudessem me orientar. Fui buscando dicas em sites de noivos, blogs, entrevistas, vídeos, reportagens, enfim… Mergulhei nas pesquisas. Dentre as dicas, vi cada detalhe e muita coisinha foi se completando. Juntando uma coisa daqui e outra dali, realizamos nosso casamento baratinho seguindo algumas dicas:

1- Horário do casamento

Embora casamentos a noite sejam sinônimo de muito glamour, diversão e total êxtase, uma festa noturna, com aquela balada forte no final com bebidas, jantar e iluminação, pode ser a possibilidade de muitos gastos para o bolso, então optamos por uma cerimônia à luz do dia, especificamente às 14h e nem por isso deixou de ser divertido. Foi beeeeem mais barato, não gastamos com iluminação, nem com jantar e muito menos com almoço. De acordo com o horário, nossos convidados foram recepcionados com um conhecido coquetel volante ao ar livre próximo à praia e o ambiente foi super leve e descontraído com música e a animação irreverente de Deydianne Piaf. E sem contar que as fotos sem iluminação e com a luz natural do dia ficaram um arraso.

cr-casamento-erika-rocha-ceub (4)

cr-casamento-erika-rocha-ceub (9)

cr-casamento-erika-rocha-ceub (36)

 

2- Partilhar a produção com amigos e familiares

Pra quem não curtia a ideia de casamento, organizar o nosso foi super divertido, principalmente porque contamos com o total apoio dos nossos amigos nos preparativos. A maioria deles participou da produção e por esta razão eu sentia a sensação do amor e vi que em cada detalhe tinha um pouco deles.

cr-casamento-erika-rocha-ceub (2)

cr-casamento-erika-rocha-ceub (27)

cr-casamento-erika-rocha-ceub (32)

Alguns se mobilizaram e participaram dos preparativos, como por exemplo, na dança, decoração, fotografia e cerimônia. Outros resolveram nos presentear com elementos nos próprios preparativos ou na vestimenta da noiva, como meu vestido de noiva, que não foi alugado, fui presenteada também e até hoje posso guardá-lo.

 

3- Compras coletivas e pesquisas na internet

Algumas coisas como doces, lencinhos, convites, lua-de-mel e sapato de noiva foram comprados na internet em sites de compras coletivas. Todos a precinhos de banana e não bastasse o preço bom e barato, algumas dessas compras foram presentes de amigos que aproveitaram as promoções.

 

4- Contatos e descontos

Sabemos que casamento hoje em dia se tornou um grande mercado. A concorrência é acirrada e os preços altíssimos. Muitas vezes chegam a desanimar casais que desejam realizar o sonho de casar.  Eu até pesquisei em Fortaleza empresas, mas a maioria dos preços não cabia no meu bolso, então comecei a ver contatos mais próximos de empresas e pessoas que forneciam os serviços que precisava e não eram tão caros assim. Assim consegui super descontos com serviço de buffet, bolo, lembrancinhas, topo do bolo e animação da recepção.

cr-casamento-erika-rocha-ceub (8)

cr-casamento-erika-rocha-ceub (29)

E essa história de descontos foi desde a igreja. Gostaríamos que esse momento acontecesse na Capela do Pequeno Grande, igreja pertencente ao Colégio Imaculada Conceição, onde nos conhecemos há 10 anos no encontro de jovens da Juventude Mariana Vicentina (movimento que fazemos parte até hoje). Tínhamos em mente casar nesta capela, mas era muito caro. Mas isso não poderia ser um problema, achamos que poderia dar certo, e deu. As Irmãs do Colégio têm o mesmo carisma que nosso movimento e fizeram um desconto de família suuuper camarada. Fiquei mega feliz e a partir daí as coisas começaram a dar mais que certo.

cr-casamento-erika-rocha-ceub (21)

cr-casamento-erika-rocha-ceub (5)

cr-casamento-erika-rocha-ceub (23)

cr-casamento-erika-rocha-ceub (1)

cr-casamento-erika-rocha-ceub (24)

 

Sei que para muitos é mais cômodo entregar a organização do casamento nas mãos de profissionais, mas devo confessar que foi muito bom organizar pessoalmente o nosso. Assim podíamos sentir antecipadamente a emoção de tudo e ver cada detalhe se encaminhar. E quando achávamos que algo poderia dar errado, confiávamos na providencia de Deus e foi exatamente assim: um casamento lindo e cheio de providência divina.

cr-casamento-erika-rocha-ceub (17)

cr-casamento-erika-rocha-ceub (33)

cr-casamento-erika-rocha-ceub (7)

cr-casamento-erika-rocha-ceub (34)

Contatos de serviço: Buffet, coquetel e bolo: Chalé do Sol Buffet - (85) 86884157 | Animação da recepção: Deydianne Piaf - (85) 86276523 | Fotografia: Rafael Morais - (85) 89042484 | Cerimonial: Débora Sipião - (85) 99011589 | Decoração: Recepção - Maurilio Saraiva (85) 96284054/Cerimônia - Alvino Neto (85) 85269978 e Herlon Macêdo - (85) 85622535 | Cabelo e maquiagem: Centro de Beleza Pienezza - (85) 3261-1713 | Doces: Boutique do Chocolate - (85) 3025.5363 ou 8774.8600 | Lembrancinhas e topo do bolo: Ângela Gomes - (85) 96745993

 

Mais Casos Reais e dicas:

O Casamento DIY da Estela e do Rafael

Caso, compro uma bicicleta ou viajo o mundo inteiro?

O Chá de Barnela DIY da Karol e do João

Estela Rosa

Estela Rosa Autor

Estela é noiva para sempre mesmo depois de ter casado com o Rafael. Ela é uma aquariana engraçada, justiceira e irônica que, além do Rafa, tem os gatos em seu coração. Como toda boa noiva, é indecisa pra chuchu, mas no final consegue decidir tudo direitinho. Observadora e curiosa, a Estela fuça a internet como ninguém atrás de referências fantásticas e consegue resolver qualquer pauta que lançamos para ela! Passional até o último fio de cabelo, a moça tatuada que ama jardinagem e quebra-cabeças usa sua tagarelice super extrovertida para atuar como uma “match maker” profissional, juntando pares perfeitos pelo mundo afora.