CASO REAL: O casamento estiloso da Natalia e do Felipe

O Do It Yourself – DIY – em português Faça Você Mesma não é apenas uma alternativa para economizar dinheiro no seu casamento. Claro que o primeiro pensamento que temos é esse, fazendo você mesma as coisas, tudo sai mais barato. Mas há outras coisas que o DIY traz que não se tratam apenas de economia. Colocar a mão na massa também traz a possibilidade de ter um casamento exatamente do jeitinho que você quer e, o mais importante, preparar tudo à mão ajuda a unir as pessoas. A família se empenha, os amigos se dedicam, o casal passa a ser um time e tudo o que é feito tem um significado extra: a parceria e a união.

casamento-estiloso-natalia-e-felipe-diy-ceub (14)

Essa conclusão é a que a maioria das noivinhas e noivinhos têm quando encaram esse projeto de fazer tudo eles mesmos. Por mais difícil que seja, porque é, palavra de quem fez um casório DIY, vale muito à pena. A Natalia e o Felipe, o casal do nosso Caso Real de hoje, chegaram a essa mesma conclusão e, emocionadíssimos com tudo, vieram contar pra gente. Mas não foi só para contar sobre o seu casório que a Natalia veio aqui, ela também deu dicas sobre esse processo árduo e delicioso que é preparar o próprio casamento. É um Caso Real emocionante, estiloso, rock’n roll e apaixonante!

 

“Olá, noivinhas suspirantes do CEUB! Meu nome é Natalia, tenho 22 anos, me casei em novembro de 2015 e continuo suspirante ao lembrar do casamento! Eu e o Felipe nos conhecemos na escola quando eu ainda estava no ensino médio, ou seja, estamos há 7 anos juntos!. Ele veio falar comigo por conta de uma camiseta que eu estava usando da banda que mais gostamos em comum: Avenged Sevenfold. E foi assim que o rock nos uniu! Assunto vai, assunto vem, e logo começamos a namorar. Com dois anos de namoro, finalmente o Avenged Sevenfold veio ao Brasil e tivemos a oportunidade de irmos juntos ao show. E foi lá que ele me pediu em casamento pela primeira vez! Durante minha música favorita, no meio da multidão, de surpresa, foi uma surpresa e tanto! Eu só podia dizer SIM.

casamento-estiloso-natalia-e-felipe-diy-ceub (18)

Mas ainda éramos novos, ambos estavam fazendo faculdade e, por esse e outros motivos, o sonho do casamento foi ficando distante. Porém nunca perdemos as esperanças e lutamos muito para a chegada do grande dia. E eis que Deus interviu em nossas vidas e tocou o coração de pessoas muitos especiais! Depois de uma série de acontecimentos, Ele preparou para a gente um cantinho pra morar! Foi aí que começamos a nos mobilizar de verdade para o casamento. Então, com tudo certinho para juntarmos os trapos, quando fizemos 5 anos de namoro, o Felipe me pediu em casamento pela SEGUNDA vez (lembram que eu disse que a do show foi a primeira, né?). Dessa vez ele pediu e tinha as alianças. Pela segunda vez, é claro, ele ouviu o meu SIM!

casamento-estiloso-natalia-e-felipe-diy-ceub (51)

casamento-estiloso-natalia-e-felipe-diy-ceub (20)

Nosso sonho era casar num lugar aberto e fazer nós mesmos toda decoração, no estilo DIY, e nosso primeiro desafio foi encontrar o local. O maior problema era a distância das chácaras, que ficam todas no interior e nós moramos na capital, em São Paulo. Depois de muito pesquisar, encontramos uma pertinho de casa, na Zona Leste: a Chácara Pau D’alho, que é linda e enorme! A cerimônia foi realizada no mesmo local da festa, uma semana depois do casamento no civil, o que nos fez economizar uma boa grana, pois nossos mestres de cerimônia foram um casal de amigos de longa data! Eles fizeram uma cerimônia linda, descontraída e comovente, só recebemos elogios. Quem me deu toda a assessoria no dia do casamento foi a noiva do meu padrinho. Aliás foi ele e mais alguns tios e amigos meus (e até o noivo!) que arrumaram tudo no dia. Valeu, família!

casamento-estiloso-natalia-e-felipe-diy-ceub (23)

casamento-estiloso-natalia-e-felipe-diy-ceub (8)

casamento-estiloso-natalia-e-felipe-diy-ceub (50)

Os convites dos padrinhos nós mesmos fizemos, uma lembrancinha bem singela que encontramos na internet e que se chama Nebula Bottle. Super fácil de fazer! Aliás, os próprios convites do casamento foi meu noivo quem fez, já que ele é designer gráfico. Escolhemos um papel mais simples e os detalhes ficaram por minha conta, da minha sogra, e da minha tia. Finalizamos com cetim, fita e um pequeno tsuru, figura que esteve presente em todos detalhes do casamento. Ficou liiiindooo!

casamento-estiloso-natalia-e-felipe-diy-ceub (2)

casamento-estiloso-natalia-e-felipe-diy-ceub (3)

casamento-estiloso-natalia-e-felipe-diy-ceub (1)

O mais trabalhoso da decoração da cerimônia foi a cortina de tsuru, que é um símbolo de prosperidade. Acreditem, a família inteira ficou fazendo tsurus por várias semanas e, no final das contas, sobraram vários que se espalharam por toda decoração. Nessa mesma pegada de origami foi o meu buquê. Quem fez, mais uma vez, também foram meus padrinhos e ficou simplesmente perfeito, do jeitinho que imaginava. Eles também fizeram o porta alianças de flores de origami das nossas daminhas, que foram minha irmã e a irmã do Felipe.

casamento-estiloso-natalia-e-felipe-diy-ceub (11)

casamento-estiloso-natalia-e-felipe-diy-ceub (25)

casamento-estiloso-natalia-e-felipe-diy-ceub (35)

casamento-estiloso-natalia-e-felipe-diy-ceub (6)

casamento-estiloso-natalia-e-felipe-diy-ceub (49)

casamento-estiloso-natalia-e-felipe-diy-ceub (12)

Já o buquê de jogar, fui eu mesma quem fez, com ajuda da minha mãe. Foram corações de feltro, arame, cetim, tule e muita paciência e carinho. As lembrancinhas também foram feitas pelos meus padrinhos e por mim, compramos algumas cadernetas cobrimos com contact rosa e um adesivo com nossos nomes e colocamos um pingente de coração na lateral (mais uma vez, origami). O rock, é claro, também se fez presente na cerimônia com Queen, Journey, Avenged Sevenfold e até Kiss: eu entrei com a música Forever. <3

casamento-estiloso-natalia-e-felipe-diy-ceub (58)

casamento-estiloso-natalia-e-felipe-diy-ceub (46)

Como somos diferentes, não queríamos nada muito clichê. As cores que escolhemos para a decoração foram azul, roxo e pink. Várias pessoas torciam o nariz quando citávamos essas cores, mas o resultado foi lindo e super harmonioso. A decoração foi um presente dos meus padrinhos e nós fizemos basicamente tudo. Os centros de mesa eram garrafas de diversas formas que fomos juntando (um montão de gente ajudou!) e pintamos. Colocamos flores baratinhas e principalmente mosquitinhos. Ficou uma graça! Também colocamos corações de feltro que fui eu quem fez. A toalha azul de centro foi minha sogra e a avó do Felipe que fizeram de crochê e foi dada como lembrança para os convidados no final da festa. Ficou um capricho só!

casamento-estiloso-natalia-e-felipe-diy-ceub (36)

casamento-estiloso-natalia-e-felipe-diy-ceub (39)

casamento-estiloso-natalia-e-felipe-diy-ceub (37)

Para a mesa do bolo e de doces compramos várias peças em MDF na 25 de março, a melhor amiga das noivas paulistanas, ao lado do Pinterest. Mas foi o topo de bolo que mais chamou atenção na mesa. Eu e meu noivo (ops, marido) adoramos Pokemón e pouco antes do casamento ainda não tínhamos decidido o topo de bolo. Eis que olho na estante dele nossos bonequinhos do Pikachu e pensei “Por que não eles?”. Pedimos então a uma amiga (e também madrinha) que fez moda e ela tratou de vesti-los de noivinho e noivinha! Escolhemos o “Xu <3” em cima da mesa no lugar das nossas iniciais, pois nos apelidamos assim antes mesmo de namorar e acabou ficando. Hoje, todo mundo chama a gente de casal Xu.

casamento-estiloso-natalia-e-felipe-diy-ceub (44)

casamento-estiloso-natalia-e-felipe-diy-ceub (45)

casamento-estiloso-natalia-e-felipe-diy-ceub (24)

Os móveis que não tinham no salão (mesa do bolo, puffs, mesinhas de canto) foi um tio meu que trabalha com locação de móveis e eventos que conseguiu emprestado pra mim. O buffet contratamos uma moça que sempre fez as festas da minha irmãzinha e ela fez um descontão pra gente. Escolhemos o cardápio finger food por ser mais prático e escolhemos muitos doces, teve até algodão doce que eu adoro! Quase uma festa infantil mesmo! A fotógrafa foi uma colega do Fe e também nos deu um bom desconto e ainda fez um trabalho lindo.

casamento-estiloso-natalia-e-felipe-diy-ceub (29)

casamento-estiloso-natalia-e-felipe-diy-ceub (57)

Para o meu vestido, eu queria algo num estilo mais vintage e para compor esse estilo eu queria usar um voillet ou fascinator. Detalhe: o meu cabelo é beeeem curtinho e eu não consegui deixar crescer de jeito nenhum, mas ainda assim conseguimos bolar um penteado e o resultado foi bem vintage como eu esperava, com direito a batonzão vermelho e delineador estilo pin up. E mantive também minha mechinha azul! Já meu noiv… quer dizer, marido (demora pra se acostumar), não quis usar terno, então ele foi todo estilosão de colete, camisa roxa e All Star!

casamento-estiloso-natalia-e-felipe-diy-ceub (4)

casamento-estiloso-natalia-e-felipe-diy-ceub (7)

casamento-estiloso-natalia-e-felipe-diy-ceub (16)

casamento-estiloso-natalia-e-felipe-diy-ceub (21)

casamento-estiloso-natalia-e-felipe-diy-ceub (40)

 

Algumas diquinhas que posso dar de acordo com a minha experiência pessoal:

  • – Planejem, planejem e planejem muito. Reveja tudo se for preciso, mas planeje!
  • – Façam várias contas e peçam muitos orçamentos. E não tenham vergonha de pedir desconto! Afinal casar deixa todo mundo um tanto quanto falido.
  • – Faça tudo o que você estiver em condições de fazer por conta própria. Pode até dar trabalho, mas além de economizar uma boa grana, vai ficar exatamente do jeito que você quer, sem contar que é uma delícia!
  • – Se possível, contrate profissionais somente sob indicação e com boas avaliações. Não citarei nomes, mas o único serviço que contratei sem conhecer foi o que me deu dor de cabeça.
  • – Imprevistos vão acontecer sim. Mas não vão estragar seu dia. Tudo vai dar certo no final, acredite!
  • – Tenha sempre um plano B. Por exemplo, na semana do meu casamento choveu horrores e eu ia casar no campo, mas ele estava encharcado no dia. Porém o local que eu aluguei já tinha um outro espaço com tenda para essa situação.
  • – Ouça sugestões mas não pire por conta delas. Afinal é seu casamento, SEU dia e tudo tem que ficar como VOCÊ quer. Aceite as sugestões construtivas e as críticas ruins jogue fora.
  • – Aceite ajuda e não hesite em pedir se precisar. Todos temos pessoas preciosas ao nosso redor que ajudam fazer as coisas acontecerem. <3
  • – Agradeça. Ao seus amigos, seus familiares, seus fornecedores, a Deus, ao Universo. A gratidão é um dos maiores bens que temos e ela impulsiona as coisas boas!
  • – Relaxe. É muito difícil pois são muitas preocupações e emoções rolando solta, mas se estiver tensa não vai conseguir aproveitar seu dia!
  • – Tire todas as fotos que você quer mas não deixe de curtir sua festa.
  • – Aproveite cada segundo que estiver com seu noivo durante a festa. <3

 

Tanto a cerimônia quanto a festa foram super descontraídas, tudo com a nossa carinha pois nos propomos a participar de tudo, tanto para ficar personalizado quanto para economizar. Tivemos uma ajuda imensa da nossa família, sem a qual nada disso teria sido possível, e hoje eu sei que com o apoio incondicional daqueles que te amam, tudo se torna possível. Agradeço a Deus pela oportunidade que tivemos de viver esse dia, e a vocês noivinhas que estão nos planejamentos ou preparativos do seu casamento, a maior dica que posso dar é ACREDITAR, persistir e planejar (muito muito muito). Acompanhei vários casos reais no CEUB que me serviram de inspiração e motivação, espero ter trazido um pouquinho disso pra vocês também. :)

 

Quer ajuda de fornecedores para fazer seu casamento? Confira alguns aqui!