CASO REAL: O casamento rústico da Jaque e do Fábio

A emoção que o casamento traz é algo quase indescritível! É amor, é nervosismo, aquela vontade de que dure pra sempre, de que dê tudo certo… A ânsia de viver intensamente o dia mais feliz da sua vida. Afinal de contas, você está casando com o seu amor, realizando um sonho nos mínimos detalhes, depois de meses organizando tudinho tin-tin por tin-tin. É algo muito lindo e muito emocionante, gente! Uma sensação incomparável!

casamento-rustico-jaque-fabio-ceub (6)

E foi isso que sentimos no relato na Jaque: ela se casou após sete anos vivendo com o seu amor. Celebrou esse dia lindo com a sua família e o seu filho, depois de ter planejado tudinho ela mesma. E além disso, ainda super agradeceu a gente por ter feito parte, mesmo que indiretamente, desse sonho! Nós ficamos super emocionadas lendo esse relato, sem contar nas fotos lindonas que ela nos mandou. Então se prepara, é muito amor e muita lindeza junta, é capaz de você se apaixonar!!

“Olá, meninas do Casar é um Barato! Escrevo para agradecer e demonstrar minha gratidão de tê-las encontrado quando comecei de verdade com os preparativos do meu casamento! Sou do interior de Santa Catarina, de Lauro Muller, e me formei arquiteta há pouco tempo. Sou mãe do pequeno Davi e sou simplesmente apaixonada por artesanato e coisinhas DIY! Eu e o Fabio nos casamos no dia 26 de setembro de 2015, em um sábado chuvoso, às 17:30 da tarde. Nunca imaginei sentir uma emoção tão grande! É um momento único e inexplicável e vale a pena cada dúvida, planos e muita preocupação.

casamento-rustico-jaque-fabio-ceub (21)

casamento-rustico-jaque-fabio-ceub (15)

Desde o começo eu quis algo bem conceitual e que imprimisse nosso modo de ser e agir. Em poucas palavras: foi tudo simples, rústico e muito romântico. A arte/design do casamento foi toda elaborada por mim depois de muita pesquisa. O tema que escolhemos foi passarinhos, com as cores amarelo e azul “tiffany”. Tudo passou pela minha mãos, desde a elaboração dos convites, confecção dos laços dos convites, menus, porta guardanapos, enfim, sou bem arteira como diz minha mãe!

casamento-rustico-jaque-fabio-ceub (26)

casamento-rustico-jaque-fabio-ceub (14)

Presenteamos nossos padrinhos com uma caixinha de mdf com coisas simples, mas que realmente nos representassem. Comprei as caixinhas, o vidrinhos de tempero e os passarinhos que são pimenteiros, pela internet, dentro da caixa tinha uma garrafinha de cerveja artesanal, que encomendamos com nosso rótulo na cervejaria da nossa cidade e entregamos para nossos padrinhos com dois copinhos de cerveja e um potinho de tempero escrito “Tempere sua vida com mais amor”. Com esses objetos simples queríamos que nossos padrinhos sentissem conosco a emoção da coisas simples da vida. Eu e Fábio somos assim: gostamos de cozinhar, adoramos uma cervejinha artesanal e apreciamos bons amigos e família unida.

casamento-rustico-jaque-fabio-ceub (11)

casamento-rustico-jaque-fabio-ceub (24)

Nosso Save the Date foi enviado seis meses antes do casamento, via internet, e foi importante para começar a empolgação para a festa! No dia 6 de setembro fizemos nosso Chá-bar, na mesma cervejaria que comentei da lembrança dos padrinhos, a Lohn Bier. Convidamos os padrinhos e amigos mais próximos. Foram em torno de 40 convidados e foi simplesmente maravilhoso! Tudo muito simples, chopp a vontade e DJ com músicas alegres, nos divertimos muito e nos deu uma base do que seria nosso casamento. A decoração foi feita por mim: garrafinhas recicladas com flores e um quadro negro com a arte do casamento. Como já morávamos juntos, não nos interessava um chá-de-panela, por isso pedimos dinheiro em vez de presente no chá-bar.

casamento-rustico-jaque-fabio-ceub (9)

casamento-rustico-jaque-fabio-ceub (2)

A cerimônia do casamento foi na Igreja Matriz da cidade e tive a grande sorte de ter um grande amigo de infância, que hoje é cantor lírico, que se dispôs a cantar na minha cerimônia! Foi simplesmente extraordinário para minha pequena cidade e tê-lo lá, cantando para nós! Foi muito emocionante. Mas, para mim, de todo o casamento, o que mais me emocionou foi ver meu filho e minha afilhada entrando na igreja com as alianças. Meu menino largou o caminhãozinho de madeira que eu tinha comprado para ele e entrou gritando “mamãe, mamãe”! Agora, imagina uma mãe noiva emocionada?! Foi lindo!

casamento-rustico-jaque-fabio-ceub (18)

casamento-rustico-jaque-fabio-ceub (17)

Decidimos fazer a festa no Centro de Tradições Gaúchas da cidade, pois moramos no interior. Lá tinha a cara rústica e romântica que sempre sonhamos e ficou demais! A decoração foi feita pelo Edson e pela Tina, decoradores ótimos da minha cidade. Usamos flores variadas em um estilo bem campal: lírios, rosas, gérberas, dente de leão, margaridas. Bem rústico! O espaço ficou muito mais lindo do que eu poderia imaginar. A iluminação, o ambiente, as flores, tudo como sempre sonhei. Muitos duvidavam que o espaço iria ficar bom, já eu, não tive dúvida desde o início.

casamento-rustico-jaque-fabio-ceub (25)

casamento-rustico-jaque-fabio-ceub (23)

Como a minha família é descendente de italiano e tem crianças pra caramba, dediquei um espacinho na decoração para o cantinho das crianças, com revistinha para colorirem, molas malucas, bolinhas de sabão e quadro negro. Meu filho aproveitou demais a festa toda! Foi demais! As mamães e papais me agradeceram demais por esse cantinho!

casamento-rustico-jaque-fabio-ceub (4)

casamento-rustico-jaque-fabio-ceub (16)

Na época do casamento, estávamos há sete anos juntos e nossa história foi resumida em um quadro com datas que colocamos logo na entrada. O buquê que joguei foi feito pela minha sogra, todo de coraçõezinhos em feltro, ficou um amor! Deu até pena de jogar! Foi tudo planejado com tanto carinho por nós que agora me faz até falta a rotina de antes do casamento. As lembrancinhas do casório foram cheirinhos para casa. Enviei a arte para uma empresa e eles confeccionaram. Ficou um mimo, sobrou nenhuma!

casamento-rustico-jaque-fabio-ceub (13)

casamento-rustico-jaque-fabio-ceub (1)

Eu poderia passar horas escrevendo o quanto foi emocionante este dia e agradecê-las por mais horas ainda por terem me inspirado a fazer tudo do meu gosto! O sucesso de uma festa não depende de quanto se gasta nela, mas sim de todo amor que temos para prepará-la. A gente deve mesmo acreditar no nosso potencial e seguir nosso coração. Encho os olhos de lágrimas quando lembro, deve ser o sinal de que foi muito bom né!?

 

Mais sobre casamentos lindos e rústicos:

Como fazer um casamento rústico chic?

O casamento rústico da Ana e do Alan

O casamento ao ar livre da Day e do Cesar