CASO REAL: O Chá-bar rock’n roll da Carmen e do Patrick

Quando eu era jovem ainda (aquelas que sofrem quando chegam aos 30), lá no comecinho da minha faculdade, fiz uma viagem inesquecível com alguns amigos. Nós fomos para Ouro Preto. De lá pra cá, aquele cantinho de Minas conquistou meu coração de tal maneira que fui passar minha lua-de-mel com o Rafa lá. E foi lindo, inesquecível e, por que não, super rock’n roll.

Ouro Preto é uma cidade super deliciosa, que mistura o clima antigo de uma cidade histórica com a aura rock’n roll dos estudantes que moram em suas infinitas repúblicas. É um lugar mágico e é exatamente lá que se passa o nosso Caso Real de hoje, que me deixou arrepiada de tanta originalidade e amor! Hoje vamos contar a história de uma leitora super amada, a Carmen, e seu noivo Patrick.

19

A Carmen nos escreveu já faz um tempinho e o casório dela é nesse fim de semana, dia 10! Então tenho certeza de que vai ser uma delícia relembrar esse Chá-bar todo estiloso e cheio de dicas para noivinhas doidas por algo diferente. Venham conhecer essa história linda que não poderia terminar de outra forma que não um casório rock’n roll!

“Olá gente! Eu sou a Carmen, leitora assídua do CEUB. Me inspiro muito nas ideias do Blog e hoje vim dividir com vocês o meu Rock de Casamento com Chá-bar. Para quem não sabe, Rock é o nome dado às festas que acontecem em Repúblicas Estudantis, e esse foi o caso do meu Chá-bar que aconteceu em Ouro Preto – MG.  Por que Rock de Casamento???  Porque nos conhecemos em um Rock, porque amamos ir a Rocks, porque reunir os amigos em um Rock é bem melhor, porque Rock é a nossa cara!

21

Para vocês entenderem melhor vou contar um pouquinho da nossa história. Vim de estudar na UFOP em 2009, sou de uma cidade próxima que se chama Ponte Nova, o meu noivo veio de Jequitinhonha que, na verdade, é bem longe daqui. Em 2011, o destino quis que nos encontrássemos no dia 16 de março. É claro que nos conhecemos em um Rock, onde trocamos os primeiros olhares e palavras e em junho já estávamos namorando! Mesmo namorando não paramos de ir aos Rocks. Pra falar a verdade, curtimos muito um Rock! Me formei, fui fazer mestrado em outra cidade (mas a distância só nos fortaleceu), e agora voltei para trabalhar aqui.

17

Noivamos 3 anos depois, em 11 de Junho de 2014. Como não fizemos festa de noivado, nós sempre pensamos nesse Rock de casamento e uns dois meses depois, já havíamos definimos a data do casamento, que vai ser em 10 de outubro desse ano, e definimos também que faríamos um Rock de Casamento com Chá-bar! O evento foi no dia 13 de Junho que é uma data linda por ser o dia de Santo Antônio. Não pensem vocês que por ter marcado com antecedência eu me programei com antecedência, na verdade, o que eu pude deixar para a última hora eu deixei, e claro fiquei louca, rsrsrs.

1

Mas vamos ao que interessa: o Rock de Casamento com Chá-bar. O meu estilo e o do Patrick sempre foi muito bem definido, amamos decoração rústica e o nosso chá-bar não poderia ser diferente. O local não poderia ser outro senão a República que o Patrick mora. Logo defini que queria garrafinhas por toda a parte. Escolhi um modelo com fio de lã, fiz uma e minha mãe fez todas as outras, na semana resolvi fazer mais algumas apenas com juta e renda, dentro das garrafinhas coloquei florzinhas secas que tem um bom preço. Ah coloquei também um recadinho em cada uma escrito: “leve-me com você”. Ficaram lindas e os convidados amaram.

2

3

O resto da decoração também foi toda montada por mim, com peças emprestadas e o que tínhamos disponível. Atrás da mesa do bolo colocamos fotos nossas presas no sisal formando uma cortina, deu um efeito lindo. No ambiente que estava a mesa do bolo fiz um cantinho para fotos onde coloquei uma toalha rendada de fundo e caixotes com várias plaquinhas. Os convidados se divertiram muito. Ainda na sala onde ficou a mesa do bolo, fiz um cantinho com caixotes e panelas de pedra sabão. Meu noivo tem um jogo delas, ele adora, ficou bem legal, coloquei uma mesa menor em um cantinho só com cupcakes.

4

12

9

10

7

No outro ambiente coloquei a mesa que iria ficar o caldo e o jantar, nessa mesa coloquei uma esteira, ficou maravilhoso, em uma mesa ao lado coloquei pratos, copos, talheres, canecas. No ambiente externo, coloquei as mesas dos convidados com toalhas de chitão e as garrafinhas como centro de mesa. Coloquei, também do lado externo, uma mesa de bebidas, onde os convidados faziam seus drinks, nessa mesa coloquei uma decoração bem descontraída, além dos drinks também servimos cerveja (Não pode faltar cerveja em um Rock).  Ainda na parte externa tinha um ambiente com globo de luz que ficou sendo a pista de dança.

13

14

15

Em relação aos doces, decidi por fazer apenas brigadeiros que eu mesma fiz, cupcakes que minha irmã fez e um Naked Cake que nosso Padrinho fez. A massa do Naked foi de cenoura e ele foi decorado com frutinhas amarelas, como mini laranjas, physales, damasco e tangerina, o recheio foi do meu brigadeiro e de doce de leite com ameixas! O Jantar foi Arroz com Feijão Tropeiro e como Ouro Preto é muito Frio servimos também um Caldo de Mandioca divino.

6

8

5

Minhas amigas preparam uma brincadeira surpresa, onde nos divertimos muito em um jogo de perguntas e respostas e claro pagamos muitos micos. Como lembrancinha ficou a caneca que cada convidado recebia quando chegava.

16

20

11

Foi tudo muito simples, mas ao mesmo tempo envolvia muito amor. Foi lindo ver os moradores da república e as amigas ajudando nos detalhes. E de quebra ganhamos presentes lindos que serão usados com muito carinho no nosso dia a dia. É isso, agora conto os dias para o nosso grande dia que será em Outubro.

18

22

 

Não é muito lindo, gente, ver como a união de pessoas que se amam movimentam todo o amor envolvido? Todo mundo em prol da Carmen e do Patrick, fazendo um Rock dos bão! AMEI, Carmen! E boa sorte no casório, viu? Vai dar tudo mais que certo! <3

 

Mais Chá-bar para inspirar!

CASO REAL: O Chá-Bar DIY da Débora e do Felipe

CASO REAL: O Chá-Bar esportivo da Paty e do Brunão

CASO REAL: O Chá de Barnela DIY da Karol e do João