O poder do engajamento social dentro do mercado de casamento

Vou abrir esse artigo contando um “causo”: recentemente a Adidas disse que vai deixar de investir na televisão para focar nos canais digitais. A marca acredita que a televisão não envolve mais o consumidor. O CEO da empresa afirmou que “não há mais publicidade na tevê” e o público-alvo no curto e médio prazo irá se envolver muito mais através dos dispositivos móveis.

Isto, segundo ele, acaba por entregar um ativo fundamental para o seu objetivo de negócios: o engajamento do público. 

A marca está reestruturando toda sua presença digital, investindo pesado em impressão em 3D e em novos métodos de criação de produtos. Cerca de 25 influenciadores digitais, entre treinadores e blogueiros, foram contratados para impulsionar a presença da marca no mercado esportivo.

Mas aí você me pergunta: e o que isso tem a ver com o meu negócio? Sou um pequeno empresário dentro do ramo de casamentos!

Eu te respondo: tudo! A empresa está dedicando quase metade do orçamento de marketing em parcerias, enquanto a outra parte está sendo direcionada para ativações digitais. Em outras palavras: uma empresa líder de mercado está abandonando as mídias tradicionais em nome do engajamento social. E não há, a meu ver, segmento de mercado no mundo que precise tanto do “boca-a-boca” quanto o mercado de casamento.

 

E engajamento é boca-a-boca. É um ativo poderoso para quem faz negócios na internet. É algo que está além do número de seguidores ou curtidas em um post no Facebook. Trata-se de interação, envolvimento, influência, intimidade, relacionamento com marca.

Se você souber engajar as noivas, conseguirá, efetivamente, alcançar mais resultados em seu negócio. Mas o que seria engajamento exatamente? E como engajar pessoas efetivamente? A resposta está nas próximas linhas…

O que é engajamento social

O engajamento social está diretamente relacionado à maneira como o público participa, comenta e se mobiliza em torno da sua marca através da presença online. Uma boa definição do que seria engajamento parte de 4 fatores:

1 – Envolvimento – Pode ser medido por meio de métricas comuns, como número de visitantes, tempo de permanência numa página, número de páginas visitadas, etc.

2 – Interação – Comentários, discussões em fóruns, pedidos de informações sobre a empresa, enfim, ações do usuário em entrar em contato com a marca de alguma forma.

3 – Intimidade – O afeto de uma pessoa pela marca. Pode ser caracterizada pela opinião, perspectiva, sentimentos registrados em suas palavras dirigidas à empresa através dos canais digitais.

4 – Influência – Aqui se considerada a probabilidade de a pessoa fazer uma compra e influenciar seu grupo de contato a fazer o mesmo.

Um exemplo de como funciona o engajamento social na prática:

Após ser atraído por uma postagem no no Facebook do Casar é um Barato (envolvimento), a noiva procura e segue um fornecedor em seus canais digitais, como blog e fanpage (interação), comenta em posts, faz um pedido de orçamento, expressa alguma opinião sobre ela (intimidade). Após contratar o produto ou serviço, passa a recomendá-la aos amigos (influência).

Por que investir em engajamento?

Simples: porque casais engajados compram mais

Estudos realizados com consumidores, profissionais da área de marketing digital e meios de comunicação apontaram números interessantes:

Enquanto 9,8% dos consumidores engajados e 40,2% dos hiperengajados compram mais de uma vez da mesma empresa, apenas 8,1% dos consumidores que evitam o engajamento online compram com a mesma frequência.

Porque se conquista mais adeptos

Noivas hiperengajadas estão mais propensas a se inspirar e interagir com a marca em diversos canais.

De acordo com as pesquisas, 41,8% ficam inspiradas a se envolver com a empresa graças à qualidade do site, 29,5% devido à presença nas redes sociais e 26,7% ficam inspirados com anúncios online. Isso sugere que as marcas podem se beneficiar ainda mais se canais diferentes trabalharem juntos.

As pesquisas ainda afirmam o poder das recomendações diretas (o nosso tão amado boca-a-boca, no formato digital). Entre as pessoas que afirmaram que as “recomendações de pessoas que conheço” servem como fonte de inspiração para o engajamento com uma marca, 61,6% são engajados, 56,6% hiperengajados.

Como gerar engajamento por parte das noivas?

Existem diversas formas de fazer isso hoje, mas todas elas dependem, direta ou indiretamente, do marketing digital. Somente estando atrelado a conteúdo de qualidade é que você consegue levar o usuário à interação.

No entanto, para que a coisa funcione bem, é preciso pensar em alguns fatores, como:

Estratégia bem fundamentada

Sua estratégia de conteúdo foi feita pensando no casal? Pensar e planejar toda uma linha editorial no tom de voz correto para as noivas pode influenciar muito na conquista de resultados. O ideal é trabalhar com um único universo de conteúdo em torno de um assunto e trabalhar muito bem ele. Existem três pilares que vão te ajudar nisso:

#1. Definição de um tema central, pelo qual seu público é apaixonado (no caso, seu segmento dentro do mercado – e assuntos afins);

#2. Concentração e foco nesse assunto;

#3. Transmitir a mensagem com autoridade, tratando do tema melhor do que ninguém.

Se você não tem uma estratégia de conteúdo de resultados ainda, vamos conversar!

Posicionamento da marca perante os casais

É importante ter em mente que são as ideias que estão na cabeça das pessoas que determinam se um produto ou serviço terá sucesso ou não. Ou seja: o marketing é uma guerra mental, e se posicionar bem no campo de batalha é essencial. O engajamento das suas noivas com a sua marca também depende da forma como você se posiciona no mercado de casamento.

É o posicionamento que garante que as noivas obtenham as respostas que precisam através de um conteúdo. Sabemos que o dia-a-dia da empresa acaba impedindo que os fornecedores gerem conteúdo relevante para suas noivas. Nesse contexto, sua empresa deve estar presente no conteúdo que a noiva-cliente em potencial precisa e busca. Assim, ela terá a propensão de interagir, comentando, compartilhando, enfim, respondendo aos estímulos gerados por sua marca.

Consistência nas publicações

Há duas definições para o termo consistência que cabem perfeitamente aqui:

1 – Qualidade daquilo que é definido por sua firmeza ou resistência.

2 – Regularidade; em que há perseverança.

Seus resultados dependem de uma linha de publicação de conteúdo que seja firme, bem amarrada e regular, ou seja, que seja recorrente. Adotando esses dois pilares da consistência, unindo com o que já exploramos aqui, você estará a alguns passos de engajar mais as pessoas no ambiente digital.

Atendimento ao casal

Se você quer que os casais sigam interagindo e indicando seus serviços o atendimento é essencial! É preciso continuar todo o trabalho iniciado com o conteúdo no seu atendimento, dando a devida atenção às noivas, respondendo aos comentários, indicando soluções, participando ativamente. Enfim, estreitando ao máximo a relação com os casais que interagem com você online.

Isso irá servir para incentivar os casais a se tornarem clientes de fato, a fidelizar quem fecha com você e a influenciar a divulgação de sua empresa por parte de quem já contratou para outras noivas.

Enfim, para garantir o engajamento, é preciso analisar o real grau de envolvimento, interações e influência que o sua estratégia de marketing digital provoca nas noivas que entram em contato com ela. Se você souber engajar, conseguirá efetivamente alcançar mais resultados para o seu negócio.

Você sabe como anda a presença Digital da sua empresa? Que tal fazer um diagnóstico GRÁTIS e super rápido?

Luisa

Luisa Autor

A Luisa é uma das sócias do CEUB. É a mãe do Zé, uma canceriana chorona e frenética roedora de unhas que ama olhar a lua. Comilona em tempo integral,ama dançar com o marido e faz tudo pelos primos. Ela é uma devoradora de livros e tarada por DIY.