Renovação de Votos: o que é e como fazer

Sempre falo que existe uma sensação muito comum a todas as noivinhas depois do casamento, uma saudade esquisita que passei a apelidar de “Síndrome da Ex-Noiva”. Sim, minha gente, por mais que seja um tanto estressante preparar tudo, a gente sente falta depois que passa. Rola uma depressão, uma solidão, uma vontadezinha de dobrar e recortar mais uns papeizinhos, mas já passou o casório. Agora é só esperar as fotos e morrer de saudade daquele dia.

renovacao-dos-votos-ceub (1)

Mas existe uma salvação para essas noivinhas que, assim como eu, ficam na nostalgia dos preparativos do casório durante meses! E se chama Renovação dos Votos! Sim, é uma tendência super in, até celebridades como a Madonna e Robert de Niro optaram por esse tipo de celebração que é feita nos anos seguintes ao casamento. A renovação dos votos de casamento está virando moda e é uma ótima forma de celebrar mais uma vez esse amor maravilhoso que está crescendo cada vez mais.

renovacao-dos-votos-ceub (4)

Então vamos entender melhor o que é a renovação de votos e por que você deveria pensar em fazer uma:

 

Por que renovar os votos?

Para celebrar! Muitos casais optam por apenas um ensaio de fotos ou um jantar a dois na data de aniversário do casamento e isso pode sim contar como renovação de votos. Você não precisa fazer no primeiro ano, pode optar por fazer com 5, 10 ou até mesmo só com 25 anos de casados. O tempo passa depressa e de repente vocÊ percebe que deveria comemorar de novo e reafirmar seu compromisso com o seu amor. Vocês também podem optar por celebrar esse momento depois de enfrentar um período difícil no casório. A verdade é que não há razões específicas para fazer esse tipo de coisa. Basta pensar sobre o momento de vida de vocês dois e o quanto vocês gostariam de comemorar por tudo que têm passado juntos.

renovacao-dos-votos-ceub (3)

 

Quem celebra?

Muitos casais celebram eles mesmos a sua renovação, outros pedem aos filhos que digam algumas palavras e há até os que combinam em sua igreja, com o pastor ou padre, para dizer algumas palavras durante um culto ou missa. Por ser uma cerimônia mais livre de amarras tradicionais, vocês podem pedir a quem quiserem para dizer algumas palavras e celebrar o amor de vocês. Que tal pedir para a sua madrinha falar? Ou até mesmo seus pais? Outra coisa: vocês não precisam se sentir obrigados a fazer um super festão, alugar um salão, etc. Você pode fazer até mesmo na sua própria casa! Por não ser uma cerimônia jurídica, apenas afetiva, são vocês que escolhem quem vai estar a seu lado nesse momento.

 

O que acontece durante a cerimônia?

A premissa básica é a troca de votos, assim como fez da primeira vez. Você pode falar as mesmas palavras que você falou na época do casório, ou escrever novas para marcar esta ocasião especial dizendo como você se sente agora. Depois que disserem os votos, vocês trocam as alianças. Para dar um charme, vocês podem renovar o que está gravado, escrever mais uma coisinha, quem sabe a data da renovação dos votos ou uma frase fofa. Crianças, parentes próximos e amigos especiais podem ler frases ou cartas e vocês podem escolher uma música cheia de significados para tocar durante esse momento. Você pode fazer como em uma cerimônia de casamento, mas um tantinho mais simples e sem tanto nervosismo.

 

Como comemorar depois?

Depois de renovar os votos, trocar as alianças e abraçar seus entes queridos, é hora de comemorar! E pode ser com uma festa, com um jantar, um churrasco, seja lá o que for, é um momento para relembrar aquela delícia que foi sua festa de casamento. Vocês podem planejar uma pista de dança, fazer lembrancinhas para os convidados à mão (aproveitar que serão menos pessoas). Leve seu álbum de casamento para a festa para relembrar momentos do grande dia, você também pode fazer um álbum com momentos que passaram juntos nos últimos anos. Considere contratar um fotógrafo para a sua renovação! E lembre-se de que por ser uma cerimônia depois do casamento, vocês estão livres para convidar quem quiserem sem peso na consciência. Liberte-se para chamar poucas pessoas e não se sinta na obrigação de convidar aqueles parentes distantes que vocês nunca veem. Aliás, convidar poucas pessoas abre espaço para confraternizar melhor e também contratar mais serviços para esse segundo grande dia! Aproveite para fazer tudo o que não fez no dia do casório!

Via The Knot.

 

Mais vida pós-casamento:

Bodas de papel: maneiras lindas de celebrar

10 coisas que ninguém conta sobre a noite de núpcias

30 coisas que recém-casados aprenderam em seus casamentos