Como definir a decoração do casamento

É bem comum esbarrar na questão da decoração do casamento, ou seja, do projeto do casamento durante o tempo de planejamento do casamento. Todo mundo tem em mente alguma coisa, algumas inspirações, algum estilo de casamento em mente. Mas nem sempre isso é suficiente para virar um foco e funcionar no projeto de decoração do casamento. Antes de existirem super ferramentas na internet (como o Pinterest), eram as revistas que forneciam a maior parte das referências e ideias de decoração do casamento, e era necessário recortar e prender por todos os lados uma porção de fotografias. Não há nada mais genérico do que afirmar “quero que meu casamento seja elegante e simples” pois trata-se da mais comum e menos descritiva maneira de falar sobre um casamento. Nesses casos você acaba olhando para tudo, o que é quase o mesmo do que não olhar para nada.

decoração do casamento

Para que um casamento seja único e pessoal, é preciso pensar no projeto, na decoração e nos detalhes. A maior beleza dos elementos do projeto de decoração do casamento é que eles podem ser responsáveis por contar a história do seu relacionamento. Com certeza todas as mesas terão centros-de-mesa, todas as noivas terão um buquê e todas as recepções terão um bolo. Mas quando é que todos esses elementos juntos têm um estilo particular, um tema, fazem parte de um projeto? Bem… é isso que chamamos de fazer o projeto do casamento, e isso vai transformar o seu grande dia num casamento maravilhoso!

Veja algumas dicas para fazer o próprio projeto de decoração do casamento!

 

1. Inspiração & Visão.

 

⇒ Leia Também: Como Deixar o Seu Casamento com a Sua Cara 

 

Pode parecer trivial, mas começar por inspirações é a chave do início do projeto de decoração do seu casamento. Passe algum tempo no Pinterest e em blogs e salve as coisas que você gosta. Você não precisa ter nada tão específico em mente neste momento, apenas recolha inspirações. Também é muito importante que você pare, feche seus olhos, e pense na “visão” que você tem do seu casamento. Pode ser que você tenha algo em mente que ainda não tenha se dado conta.

 

NOTA: COMO USAR O PINTEREST PARA AJUDAR NO QUESITO INSPIRAÇÃO PARA DECORAÇÃO DO CASAMENTO

Você tinha um caderno de colagens quando era criança? Você gostava de colecionar figurinhas ou adesivos dentro de um álbum? Bem, então você vai amar as ferramentas que a internet nos oferece hoje em dia para criar “coleções de figurinhas” sobre assuntos que nos interessam.

pinterest na decoração do casamento

Em inglês, há um termo muito bom chamado moodboard  (mood = clima / board = painel; então moodboard seria um painel de figuras que nos passam um certo clima). Por falta de um termo mais específico, vamos chamar de mural em português, certo? O Pinterest é o pai de todos os outros sites que oferecem murais diversos de fotos. Se você ainda não conhece, fique sabendo que trata-se de algo fabuloso, completamente viciante e é uma ferramenta maravilhosa para quem está organizando um casamento. E juramos que não estamos ganhando nem um centavo pra falar deles :)

O que o Pinterest tem de tão legal para noivas?

Se você é uma noiva (ou um noivo), você provavelmente emprega pelo menos um pouco do seu tempo navegando pela internet buscando fornecedores que combinem com o seu estilo. Com o Pinterest, todas as vezes que você vê uma imagem legal num site de internet, que você goste e queira “guardar”, você pode usar o “pin” (“pin”, em inglês significa aquela tachinha que usamos em murais de cortiça para prender uma foto). Vou aportuguesar o termo e falar em “pinar” (pinar = prender uma foto no seu mural virtual do Pinterest).  Outra opção é copiar a URL da imagem e salvar no seu mural (board) do Pinterest. E então, tcharãn: você junta todas as imagens da internet que você gosta num só lugar.

Na sua conta do Pinterest você pode criar quantos murais você quiser com títulos diferentes. Por exemplo: você pode criar um mural chamado “Convites de casamento”, outro chamado “Meus vestidos de noiva favoritos” e por aí vai. É como ter um álbum ou fichário com divisórias para cada tipo de coisa, ou ainda, como ter uma enorme parede onde você pode prender com tachinhas fotos recortadas de revistas agrupadas por temas. Junte aos seus murais do Pinterest TUDO o que você gosta, todas as fotos que te inspiram. Assim você vai poder ver um panorama completo dos seus pensamentos e inspirações. Você também pode mandar por email, diretamente de lá, coisas que foram pinadas no seu mural para seu noivo, amigas, mãe, madrinhas, para pedir opiniões e compartilhar ideias.

Compartilhando ideias

Digamos que você tenha um painel no Pinterest chamado “Buquê de noiva”, no qual você vai pinando as imagens de lindos buquês que você gosta, estilos e cores que tenham a ver com a sua paleta de cores. Quando você for encomendar seu buquê, você poderá compartilhar com o fornecedor escolhido o painel inteiro, e assim vai mantê-lo informado sobre as coisas que você vem imaginando.

Você também vai poder convidar fornecedores e amigos para pinarem inspirações interessantes nos seus murais, e assim você vai entender o que eles acham que combina com o seu estilo. É uma excelente forma de se comunicar, especialmente se você está planejando um casamento à distância, ou se algum fornecedor escolhido virá ao seu encontro apenas na data do casamento.

Envolva suas madrinhas!

Hoje em dia, uma das tendências para madrinhas é coordenar cores mas em estilos diferentes. É uma ótima ideia que as madrinhas tenham um mural no Pinterest especial para o seu casamento, onde você possa acompanhar os pensamentos delas e convidá-las a pinar imagens de vestidos que elas gostem no seu mural também.

Você também pode procurar os murais dos fornecedores que você gosta e acompanhar seus produtos e modelos.

Encontrando o tema da decoração do casamento.

Há muitos casamentos baseados nos mesmos temas e/ou cores. Por exemplo: uma tendência atual são os casamentos inspirados na Art Deco dos anos 20. Você pode encontrar outros murais de outras noivas, com base neste tema, e assim achar mais inspirações. É preciso neste momento tomar cuidado para não se deixar levar pela beleza das produções alheias (que muitas vezes são editoriais de revistas online e blogs, e não casamentos de verdade), e avaliar se aquele é mesmo o seu estilo. Pense sempre no seu estilo pessoal antes de sair pinando fotos. Você pode criar um mural chamado “Meu estilo de casamento” e então ir pinando imagens com tudo o que você gosta.  

decoração do casamento centro de mesa pinterest 003
Achamos esta foto de decoração de casamento em nossas pesquisas em um dos painéis do Pinterest

Analisando seus pins, talvez você possa se dar conta de que, na verdade, você não é uma noiva que curte casamentos ao ar livre no campo, mas adora os casamentos urbanos, com grandes igrejas na cidade, ônibus passando no fundo e restaurantes interessantes. Ou talvez você se surpreenda ao ver que a maioria das fotos que você pinou têm praia e flores tropicais, com vestidos de noiva mais simples e leves. Esta é outra coisa super legal do Pinterest: você pode acabar descobrindo algo que estava escondido em seu coração ao analisar as fotos escolhidas.

As mesmas regras valem para o seu vestido de casamento.

Se você ainda não comprou o seu vestido, comece um mural de vestidos e pine as imagens dos modelos que você adoraria vestir no seu grande dia. Não há limites para a quantidade de ideias lindas e estilos maravilhosos! Você pode se surpreender com suas inspirações! Se você vai mandar fazer seu vestido num atelier de costura, não hesite em mostrar ao estilista o seu mural para que ele possa entender seu gosto e suas vontades, e até mesmo sugerir modelos especiais. Você também pode pinar vídeos do YouTube no Pinterest, se encontrar um desfile com seu vestido favorito! Se você for à uma loja de vestidos, leve seu painel para mostrar ao vendedor, pois pode ser que eles trabalhem com algum daqueles modelos, ou conheçam outros similares e que possuam as características que você trouxe em suas inspirações.

vestidos de noiva com renda

Como a maioria dos murais no Pinterest estão em inglês, seguem algumas palavras chaves interessantes, que você pode usar para procurar inspirações em outros murais:

  • wedding dresses = vestidos de noiva
  • wedding cakes = bolos de casamento
  • wedding venues = locais para casamentos
  • wedding flowers = flores para casamentos
  • wedding food = comida de casamento
  • wedding favors = lembranças de casamento
  • bride = noiva
  • groom = noivo
  • bridesmaids, maid of honer  = madrinhas (na verdade a tradução seria damas de honra, mas o conceito é mais parecido com o nosso de madrinha)
  • flower girl = damas de honra
  • ring boy = pajem

Atenção: lembre-se de que estamos falando de inspiração, não de réplica! Inspirar-se em algo não significa ter que reproduzir igualzinho no seu casamento. Está tudo bem se você achar algo muito lindo, mas decidir não usar no planejamento do seu casamento.

 

Como esse é um assunto muito importante, que tal falarmos um pouco sobre a diferença entre inspiração e réplica na decoração do casamento?

 

Um dos principais objetivos do Casar é um Barato (e de outros sites e blogs especializados no assunto) é fornecer inspirações. Como falamos ainda agora, inspirações fazem parte do planejamento do casamento como um todo. Mas um problema muito sério que pode ocorrer (e muitas vezes ocorre) é quando a inspiração vai longe demais, e ao invés daquela ideia ajudar a construir seu próprio casamento, ela acaba sendo totalmente replicada. Quando você não entende bem o conceito de inspiração, você tende a achar que precisa replicar tudo, mesmo quando você não ama 100% daquilo. Um problema é que você dificilmente vai encontrar fotos que inspirem aquilo que é exatamente perfeito para você, para o gosto do casal. Outra coisa é que muitas vezes você pode amar referências e ideias que são muito mais caras do que cabem no seu orçamento – e isso também faz com que aquela inspiração não seja 100% perfeita para você.

Hoje em dia a internet oferece milhões de referências e ideias, mas como é exatamente esse negócio de se inspirar em alguma foto ou ideia para o seu casamento? Inspiração tem um papel muito importante em tantas-tantas coisas num casamento: cores, estilo, lugares, lembrancinhas de casamento, o vestido das damas… está em quase tudo! Há grandes chances de que você precise de exemplos para entender  qual o tipo de flores que você gosta, o estilo de vestido que quer, e até mesmo o tipo de fotografia que gostaria de mostrar pros seus amigos e familiares. É aí que os blogs e revistas entram para fornecer a você os exemplos dessas coisas. Isto é inspiração. O tipo de inspiração que nós desejamos a você na hora de planejar seu casamento é: “uma coisa ou pessoa que inspira”.

 

2. Seleção & Foco

Depois de ter visto e guardado MUITAS inspirações de decoração de casamento, é hora de selecionar e se focar! Reveja tudo o que você salvou/marcou no Pinterest, e separe aquilo que REALMENTE tem a sua cara. Não se esqueça de manter em mente o seu gosto e estilo pessoal. Não tem problema algum se nenhuma dessas fotos te inspira de verdade – se você tiver uma ideia geral, está ótimo! Uma vez que você tenha reduzido o seu acervo de inspirações, você vai perceber uma tendência aparecendo. Podem ser cores, um estilo geral, ou até mesmo uma “coisa” – como aviões, ou comida, ou esportes!

3. Defina e Descreva   

Agora é a hora de definir e descrever o seu planejamento de design para o casamento. Se você navega bastante pela internet e visita muitos blogs de casamento, provavelmente já reparou que pra cada casório há um nome de estilo que o define. É bem recomendado que você dê um “título” pro seu casamento, que descreva seu design. Isso vai te ajudar quando precisar entrar em contato com os fornecedores e também vai facilitar que você se mantenha focada(o). Algo assim é perfeito: “casamento moderno-rústico em preto e rosa”. Claro que você deve se sentir à vontade para ser criativo com a definição e descrição do seu casamento!

Pequeno dicionário de estilos de decoração do casamento

 

  • caprichoso: caracterizado por muito capricho em todos os pequenos detalhes.
  • casual: caracterizado por dispensar formalidades, e possuir clima descontraído.
  • chic: com estilo e elegância
  • clássico: caracterizado por possuir elementos de primeiríssima qualidade, possui decoração e cardápio tradicionais.
  • contemporâneo: possui elementos do tempo presente, modernos.
  • de boteco: caracterizado por elementos típicos de bares, tanto na decoração quanto na escolha do cardápio.
  • de campo: ocorre no campo e possui elementos rústicos
  • de jardim: ocorre num jardim, ou possui muitos elementos de jardim.
  • delicado: marcado pela leveza ou charme nas cores, linhas e proporções;
  • de quintal: ocorre num quintal
  • destination wedding: ocorre em outra cidade ou até país
  • DIY: “Do It Yourself” quer dizer “faça você mesmo”. Um casamento DIY possui elementos feitos pelos próprios noivos e suas famílias e amigos ou que tenham aparência de ter sido feito à mão.
  • eclético: composto por elementos de muitos tipos e estilos diferentes.
  • elegante: marcado por elegância e alta qualidade dos elementos
  • exótico: não usual, diferente do comum, com elementos pitorescos que chamam a atenção
  • francês: caracterizado por coisas francesas ou relacionados à França, seja pela decoração ou cardápio
  • glamuroso: cheio de glamour e exuberância, tem um apelo romântico, tendendo ao luxuoso, seus elementos fascinam o olhar
  • hollywoodiano: inspirados em filmes de Hollywood, cinematográfico
  • home wedding: ocorre dentro de casa, ou possui elementos decorativos que fazem os convidados se sentirem em casa
  • minimalista: extremamente simples, com poucos elementos
  • mini wedding: possui poucos convidados e ocorre em espaços menores, como restaurantes, pequenos salões ou na casa dos noivos
  • moderno: relativo ao presente momento, possui características que envolvem técnicas atuais, tecnologias e ideias novas.
  • original: possui elementos originais e muitas novidades com a cara dos noivos
  • pomposo: apresentação cheia de ostentação e elegância seguindo tendências.
  • punk: possui elementos vindos do rock, tanto na música quanto na decoração e cardápio.
  • praiano: ocorre numa praia
  • romântico: caracterizado por decoração que remete à questões imaginativas ou heróicas, apelo emocional, aventuras, mistérios ou idealizações. Possui elementos românticos.
  • rústico: ocorre no campo ou possui elementos campestres.
  • simples: sem vaidades nem ostentações, caracterizado pela simplicidade.
  • tropical: possui elementos tropicais na decoração e cardápio, com cores vibrantes
  • único: possui características únicas e marcantes, personalizado
  • verde: ecologicamente correto, elementos sustentáveis, preocupação com a sustentabilidade e pouco desperdício.
  • vintage: possui elementos que remetem ao antigo e nostálgico

 

4. Decida e planeje a decoração de casamento

 

Você se inspirou em muitas coisas, selecionou as inspirações, e definiu o estilo e o tema do seu casamento. Agora é hora de decidir o design específico dos elementos para cada item. Como você quer que seja a aparência da sua festa? Os centros-de-mesa serão altos, baixos ou talvez das duas maneiras? Como será sua cerimônia – numa igreja, no local da festa ou ar livre? Aí vai uma lista de itens que você deve escolher:

 

– Papelaria (Save the Date, Convites, Cardápios, Plaquinhas, Sinalização, etc.)

– Planejamento da Cerimônia / Decoração / Detalhes

– Elementos do coquetel

– Distribuição dos lugares nas mesas / Marcação de mesas

– Toalhas e guardanapos

– Flores da festa

– Bolo e mesa do bolo

– Mesa de doces

– Pista de dança

– Aluguel de móveis

– Comida / cardápio

– Entretenimento

Quando você souber como será cada elemento do seu casamento, você terá o planejamento completo!

FALE COM Mariana



Mariana

Mariana Autor

A Mariana nasceu em Paris, mas é carioca da gema. É uma libriana gulosa e indecisa, mãe coruja acima de tudo, sempre positiva, e adora trabalhos manuais. A garota é gatófila e casada com um gaitista-baixista-guitarrista, que também é designer, programador e geek, mas o rapaz se ocupa mesmo atualmente é de ser pai da Jojô (e dos gatos Nelson e Manel).
Mariana
A Mariana nasceu em Paris, mas é carioca da gema. É uma libriana gulosa e indecisa, mãe coruja acima de tudo, sempre positiva, e adora trabalhos manuais. A garota é gatófila e casada com um gaitista-baixista-guitarrista, que também é designer, programador e geek, mas o rapaz se ocupa mesmo atualmente é de ser pai da Jojô (e dos gatos Nelson e Manel).